"7 Sucos Super Detox Para Você Queimar Gordura No Piloto Automático"

Coloque seu email abaixo para fazer o download:

Respeitamos sua privacidade.

O que é “Pirâmide Alimentar”?

A Pirâmide Alimentar é projetada para tornar a alimentação saudável mais fácil. Alimentação saudável é neste conceito é uma questão de matemática, ou seja, sobre como obter a quantidade correta de nutrientes, proteína, gordura, carboidratos, vitaminas e minerais que você precisa para manter uma boa saúde.

Os alimentos que contêm o mesmo tipo de nutrientes são agrupados em cada uma das prateleiras da Pirâmide Alimentar. 

Isto lhe dá uma escolha de alimentos diferentes para escolher em uma dieta saudável. Seguir a pirâmide alimentar como um guia irá ajudá-lo a obter o equilíbrio certo de alimentos nutritivos dentro de seu intervalo de calorias. 

Estudos mostram que ingerimos calorias demais de alimentos e bebidas ricas em gordura, açúcar e sal, que ficam na prateleira superior da Pirâmide Alimentar. 

Eles fornecem muito pouco das vitaminas e minerais essenciais que o seu corpo precisa. Limitar estes alimentos pouco eficientes para o funcionamento de nosso organismo é essencial para uma alimentação saudável.

Leia também: Exercícios para fortalecer o abdômen depois do parto

O QUE É “PIRÂMIDE ALIMENTAR”?

Em poucas palavras, uma alimentação saudável envolve:

O que é “Pirâmide Alimentar”?
  • Abundância de vegetais, salada e frutas
  • Uma porção de cereais integrais e pães, batatas, massas e arroz em cada refeição, variar os pratos, sempre que possível
  • Um pouco de leite, iogurte e queijo
  • Algumas carnes, aves, peixes, ovos, feijões e nozes
  • Uma quantidade muito pequena de gorduras e óleos
  • E uma quantidade muito pequena, ou quantidade alguma, de alimentos e bebidas ricos em gordura, açúcar e sal.

Leia também: Abdominais para perder barriga

ORIGEM DA PIRÂMIDE ALIMENTAR

Versões da Pirâmide do Guia Alimentar existem desde o final dos anos 70, e uma versão oficial do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos chegou ao conhecimento com um em 1992, mas há muito tem sido o foco de alguma controvérsia, com várias atualizações e alternativas oferecidas na última década. 

Saiba como surgiu a Piramide Alimentar

Foi atualizado em 2005 com coloridas cunhas verticais substituindo as seções horizontais e renomeada MyPyramid . 

MyPyramid foi exibido frequentemente com as imagens do alimento ausentes, criando um projeto mais abstrato. 

Em um esforço para reestruturar as diretrizes nutricionais dos alimentos, o USDA lançou seu novo programa MyPlate em junho de 2011.

Meu prato é dividido em quatro quadrantes de tamanho ligeiramente diferente, com frutas e legumes ocupando metade do espaço e grãos e proteínas que compõem a outra metade. As porções de legumes e grãos são as maiores das quatro.

Leia também: Batata doce emagrece? Benefícios e receitas

A PIRÂMIDE ALIMENTAR BRASILEIRA

A primeira pirâmide alimentar adotada aqui no Brasil foi desenvolvida no ano de 1999 pela pesquisadora Sonia Tucunduva Philippi, do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública da USP, e foi formatada no seguinte esquema com carboidratos como pães, arroz, massas, batata e mandioca, postos na base da pirâmide.

Alimentos que compõem a Piramide Alimentar Brasileira.

Ou seja, esses eram os alimentos considerados essenciais na alimentação diária. Frutas, verduras e legumes ocupavam o segundo lugar da pirâmide e, na terceira parte da prateleira, leite e seus derivados, carnes e ovos.

Na última parte, alimentos que deveríamos consumir em menor quantidade, como os doces e açúcares, óleos e demais gorduras.

Essa era a pirâmide alimentar feita no ano de 1999, mas, claro, tivemos atualizações de lá para cá, e agora vamos mostrar a pirâmide brasileira mais recente.

PIRÂMIDE ALIMENTAR BRASILEIRA ATUALIZADA

Desde que o modelo de pirâmide alimentar foi criado no início da década de 1990, a nossa alimentação mudou demais, com novas descobertas pelos especialistas em saúde e alimentação (alguém falou em ovo?), além do período de aumento da renda dos brasileiros, que ganharam acesso a diversos novos alimentos – alguns bons, outros nem tanto – e que resultaram até mesmo em aumento na taxa de obesidade e números de casos de doenças como diabete e colesterol alto.

Dessa forma, alterações na pirâmide alimentar eram inevitáveis.

Aliás, pensando nas mudanças na vida e costumes dos brasileiros, as alterações mais recentes na pirâmide foram feitas tendo por base a pesquisa de Orçamento Familiar que foi divulgada pelo IBGE no ano de 2013, confirmando o aumento significativo do número de obesos no país e indicando a alteração nos hábitos de consumo da maior parte da população.

De forma geral, as proporções continuam as mesmas, assim como a disposição dos grupos de nutrientes na pirâmide (como carboidratos na base, por exemplo).

As reais mudanças ficam por conta da de alguns alimentos comprovadamente mais saudáveis que outros presentes nas pirâmides anteriores. Entre eles o arroz integral, folhas verde-escuras, salmão, sardinha e oleaginosas.

Abaixo lista dos alimentos atuais seguindo a ordem da base da pirâmide até o topo:

ALIMENTOS ENERGÉTICOS

Os alimentos energéticos ficam na base da pirâmide e, claro, possuem o propósito de fornecer energia ao nosso organismo para as atividades cotidianas.

A mandioca compõe a pirâmide.

Eles são representados pelo arroz (integral), pão, massa, batata e mandioca.

Ao todo 6 porções diárias devem ser consumidas, o que caracteriza a presença dos alimentos energéticos em todas as refeições do dia.

Leia também: 10 elementos naturais para aumentar sua libido

ALIMENTOS REGULADORES

Aqui temos uma das partes mais saudáveis da pirâmide alimentar brasileira e que deve fazer parte do seu cardápio em 3 porções diárias com itens variados.

São eles frutas, legumes e verduras ao seu gosto.

ALIMENTOS CONSTRUTORES

Os alimentos construtores são o leite e seus derivados como o queijo e o iogurte, além de carnes, ovos, feijões e leguminosas.

Nos ovos há bastante proteínas

Segundo a pirâmide alimentar brasileira, devem ser consumidas 3 porções de leite e derivados e 1 porção dos outros alimentos.

Leia também: 9 Atitudes que te impedem de emagrecer: saiba o que não fazer!

ALIMENTOS ENERGÉTICOS EXTRAS

Aqui o topo da pirâmide alimentar brasileira e devem ser consumidos com moderação, levando o topo da pirâmide, que é muito estreita, ao pé da letra.

Fazem parte deste grupo os óleos, gorduras, açúcares e doces.

A IMPORTÂNCIA DE TODOS ESSES ALIMENTOS EM SUA DIETA

A pirâmide alimentar foi desenvolvida para demonstrar a importância de se alimentar bem, comendo de tudo, apenas tendo o cuidado de ingerir as quantidades adequadas para cada grupo alimentar.

A importância de consumir os alimentos da Piramide

Dessa forma, o preceito maior da pirâmide é o de uma alimentação saudável e equilibrada, contendo todos os grupos alimentares da pirâmide para garantir a ingestão adequada de nutrientes.

Levando sempre em conta as necessidades calóricas que todos temos e também as variantes dessas necessidades de indivíduo para indivíduo, além do estilo de vida de cada um.

Estes aspectos levam a consideração final envolvendo a pirâmide alimentar que é consultar um nutricionista para adequar seus hábitos e características a pirâmide dentro de um plano alimentar personalizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *