"7 Sucos Super Detox Para Você Queimar Gordura No Piloto Automático"

Coloque seu email abaixo para fazer o download:

Respeitamos sua privacidade.

Dieta sem carboidrato (Low Carb) – Como funciona, cardápio e dicas

A maior dificuldade que uma pessoa em processo de emagrecimento possui para manter uma dieta, é o medo de passar fome ao restringir a ingestão dos alimentos comuns em seu dia a dia e que de uma hora pra outra, são cortados sem dó nem piedade.

Porém, com a nova dica do momento, a dieta sem carboidrato (low carb), o objetivo de perder aqueles quilinhos a mais ficou muito mais fácil e a quantidade de opções nutritivas e variadas no cardápio, chama a atenção de quem ainda torce o nariz para a maioria das receitas fitness que conhece.

Leia também: Alimentos que emagrecem

DIETA SEM CARBOIDRATO (LOW CARB) – COMO FUNCIONA, CARDÁPIO E DICAS

A dieta low carb (dietas sem carboidrato) é considerada uma dieta radical, mas que oferece resultados precisos quanto a queima de gordura, já que obriga o organismo a utilizar as reservas de lipídios para substituir os açúcares que são geralmente consumidos durante a metabolização.

Ela é baseada na restrição de alimentos que possui em sua composição nutrientes complexos, conhecidos como carboidratos.

dietas sem carboidrato
Dieta sem carboidrato (Low Carb) – Como funciona, cardápio e dicas.

Porém, nem todas as refeições que possuem tais nutrientes complexos em sua composição, são cortadas da dieta, já que existem certos alimentos que contém carboidratos naturais e fazem muito bem à saúde, sendo fortes aliados daqueles que desejam perder peso de forma rápida e saudável.

Em contradição do que muitas pessoas podem pensar, os alimentos que possuem carboidrato em sua composição, não se limitam apenas aos industrializados como o macarrão e certos tipos de doces.

Alimentos como as batatas, o arroz, pão e vários tipos de leguminosas como a soja e a lentilha, são exemplos de alimentos que possuem carboidratos, mas que podem ser adotados na dieta sem carboidrato (low carb) por serem de difícil digestão. O que dá aquela sensação de saciedade por mais tempo.

7 Sucos super detox para você queimar gordura no piloto automático!

Coloque seu email abaixo para fazer o download imediato:

Porém, é importante ficar atento a forma de preparo de tais alimentos para que não haja um acumulo de sódio e gordura durante as refeições.

Leia também: Alimentos que aceleram o metabolismo

EM QUE A DIETA SEM CARBOIDRATO (LOW CARB) É BASEADA?

O “low carb”, que em uma tradução livre que dizer “pouco carboidrato”, não exclui os alimentos que tem carboidrato em sua composição, mas seleciona os que possuem baixa quantidade, como a soja e a alface, para substituírem os outros tipos de alimentos que eram anteriormente consumidos.

dietas sem carboidrato
Você encontra uma dieta low carb em sucos naturais.

Para ajudar todos que tiveram interesse por essa dieta a obterem o sucesso desejado, alguns tópicos básicos precisam ser bem pontuados, antes de dar o primeiro passo no processo de emagrecimento.

  1. Mantenha o foco nos alimentos com poucos carboidratos que devem entrar na dieta e esqueça os alimentos que não devem entrar.

Saber quais são os alimentos que devem ser evitados é sim algo muito importante em uma dieta. Porém, é muito chato ficar pensando nos alimentos que você poderia estar comendo, mas não está. Deste modo, focalize sempre nos alimentos que devem fazer parte da dieta sem carboidrato.

Preocupar-se de menos com a quantidade de calorias ingeridas não é irrelevante para a dieta, o objetivo é começar do zero e ir implementando o carboidrato aos poucos, quando aqueles quilinhos a mais já tiverem ido embora. Por isso opte por alimentos como:

  • As Frutas;
  • Os alimentos à base de castanhas;
  • Sucos naturais;
  • Iogurtes;
  • Queijos;
  1. Use toda a criatividade em cada receita

Mesmo que as receitas apresentadas sejam receitas rápidas e fáceis de serem feitas, cada um pode dar o seu toque pessoal durante o preparo, desde que não burle as regras do carboidrato.

Combinar os sucos naturais com uma omelete pequena no café da manhã, ou tomar aquele cafezinho sem açúcar com uma deliciosa fatia de queijo é uma das combinações que podem ser feita durante a dieta.

Caso as ideias sumam da cabeça ou sofra um pequeno bloqueio culinário, recorra a algumas receitas básicas disponibilizadas logo abaixo e faça combinações incríveis que enriquecem cada vez mais o cardápio.

Existem vários alimentos sem carboidratos que, combinados, formam receitas deliciosas.

  1. Não pense muito. Opte por coisas simples de serem feitas

Pode parecer contraditório mas optar pelos alimentos fáceis de serem feitos faz bem e os efeitos podem ser percebidos em um menor espaço de tempo.

Ao realizar a escolha de um peito de frango grelhado por exemplo, combine-o com uma salada básica de alface e tomate, acrescentando azeite, limão e pouco sal para o tempero. A receita é bem fácil de ser preparada e os resultados são os mais saborosos possíveis.

  1. A hidratação é o segredo do sucesso

Além de ajudar na hidratação das células do corpo e nos processos naturais de desintoxicação, a água também é um agente importante para a inibição da fome.

Ultrapassando 500 ml de água dos 2 litros que são recomendados diariamente, em apenas 14 dias é possível perceber as mudanças com relação ao peso e massa corporal, já que o intestino funciona mais facilmente, liberando o excesso de gordura do corpo.

Leia também: Motivos NÃO óbvios para tomar suco verde

RECEITA SEM CARBOIDRATO

Vamos ver então algumas dicas de alimentos e receitas sem carboidratos (ou com poucos) que você pode comer:

dietas sem carboidrato
Siga as dicas abaixo para montar sua dieta sem carboidratos.

Para o café da manhã:

  • Omelete com cebolinha e suco de abacaxi com limão
  • Iogurte integral
  • Chá de erva doce com duas fatias finas de queijo
  • Ovos cozidos com suco ou chá gelado natural
  • Uma xícara de café com uma omelete pequena recheada com pasta de atum.

Para o almoço:

  • Peito de frango pequeno grelhado com alface e tomate a vontade
  • Peito de frango grelhado com duas tiras de bacon e cenoura ralada
  • Cinco azeitonas sem caroço com um peixe grelhado sem espinha e uma fatia de limão.
  • Alface e tomate com legumes refogados e três fatias de peito de peru ou presunto.
  • Um bife grelhado com cenoura e couve cozidos no vapor.

Para o jantar:

  • Salada natural com alface tomate e pepino junto com um ovo cozido
  • Frango desfiado com alface, tomate e duas azeitonas pretas
  • Salada de alface, tomate e hortelã com cenoura ralada
  • Legumes refogados no azeite de oliva com frango desfiado com sal e cebolinha
  • Brócolis, frango grelhado com tomate e legumes cozidos.

Como a dieta consiste em ingerir poucas porções de comida durante o dia, é normal sentir vontade de comer entre tais intervalos. Nesses casos, opte pelas gelatinas comuns, frutas vermelhas como a maça e morangos que inibem a fome por mais tempo e inclua os iogurtes integrais entre as refeições.

Para beber, é interessante realizar misturas tropicais como:

  • Suco de abacaxi com hortelã;
  • Suco de morango com laranja;
  • Suco de limão;
  • Suco de laranja com acerola;

Como dica final, não se prenda a um só cardápio, varie sempre que enjoar e inove nas receitas antigas para que novos sabores aconteçam.

Trackbacks/Pingbacks

  1.  Karatê emagrece mesmo? Dicas para iniciantes, cuidados e benefícios - Milla Pádua
  2.  Dieta Cetogênica: como fazer passo a passo - Milla Pádua

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *