"7 Sucos Super Detox Para Você Queimar Gordura No Piloto Automático"

Coloque seu email abaixo para fazer o download:

Respeitamos sua privacidade.

Alimentos para ganhar massa muscular feminina

Tantas vezes as mulheres se perguntam: “Como posso perder isso? Quais alimentos para ganhar massa muscular feminina sem engordar?”.

Bem, embora não haja duas mulheres exatamente iguais, existem algumas dicas gerais que podemos passar para vocês que fazem o que for preciso para perder peso e ficarem do jeito que sempre sonharam.

ALIMENTOS PARA GANHAR MASSA MUSCULAR FEMININA

Se você pesa 80 quilos e só está comendo 1.200 calorias, você não está comendo o suficiente. Isso não significa quebrar os donuts, mas significa aumentar o seu consumo de proteína, para começar.

Alimentos para ganhar massa muscular feminina

Ingestão de calorias é apenas um componente de muitos que entram nesta máquina que chamamos de nosso corpo. 

O corpo é muito mais esperto do que a pessoa pensa. Você pode enganá-lo uma ou duas vezes, mas ele vai aprender a superar o que está tentando fazer. 

Então coma direito ao invés de tentar enganar seu corpo para ganhar massa muscular feminina.

Leia também: Acerola: descubra todos os benefícios dessa fruta! 

LARGUE OS CARBOIDRATOS

Você não tem que eliminá-los completamente.            

Os alimentos para reduzir nesta categoria seria açúcar, que inclui doces, bolos, tortas, etc, e também inclui frutas.

Deixe de lado os alimentos que contem açúcar.

Mas lembre-se, frutas contêm açúcar e, açúcar natural, ainda é açúcar, e ainda faz surgir gordura se comer muito dele.

Mais alimentos que são açucarados: macarrão, batatas, alguns outros vegetais. Não se esqueça que arroz e pão são açucarados também.

 Outro equívoco é que o arroz integral e massas e pães de grãos inteiros não fazem a mesma coisa que suas contrapartes brancas regulares. 

A verdade é que eles fazem. Eles só têm um pouco mais de fibra se digerir mais lentamente, para que você não obtenha o mesmo ponto de insulina, mas eles ainda são carboidratos e ainda podem causar ganho de gordura se você ingerir com frequência.

Então o que aprendemos é diminuir os alimentos que possuem carboidratos, mas não eliminá-los. Em geral, corte de 25% a 30% de carboidratos em sua dieta e avalie a partir daí. 

Mas como vai fazer isso se não sabe quantos açúcares e carboidratos estão no que está comendo? Comece a registrar seus alimentos, assuma a responsabilidade pelo que vai na sua boca.

AUMENTE SUA PROTEÍNA E NÃO TEMA A GORDURA

Carne de vaca, frango, peru, peixe, etc. Existem estudos que agora estão provando que “carne magra” não é a única para o consumo saudável e em prol da massa muscular, ao contrário.

Consuma proteina

Por exemplo:

 O CLA é uma substância que se acumula na gordura de animais ruminantes alimentados com capim – gorduras como manteiga e sebo – que têm efeitos anticancerígenos.

Os apologistas da indústria já fizeram uma reviravolta e estão fazendo campanha contra a trans em favor dos óleos líquidos – enquanto usam esta oportunidade de interesse público aumentado para continuar demonizando as gorduras que todos deveríamos comer, as gorduras animais saturadas naturais em alimentos de origem animal e óleos tropicais.

O aumento do consumo de alimentos que possuem proteína ajuda a manter a massa magra (músculo) que você já tem. Você quer manter isso, pois aumenta o seu metabolismo. Adicionar um pouco mais massa magra é geralmente uma coisa boa. 

Como ponto de partida geral, 40% da ingestão diária de alimentos deve ser proteína. Temos vistos ótimos resultados com isso.

Abaixo lista com alimentos para ganhar massa muscular.

FRANGO

Você sabe que as proteínas de origem animal são consideradas as melhores para os músculos, não é mesmo? Mas nada de exagero, pois gordura saturada e colesterol, podem vir juntos.

O frango contem bastante proteína

É por isso que o frango, sem pele, é uma boa opção para quem precisa de proteína, mas não quer colocar o coração em risco.

ARROZ COM FEIJÃO

A velha parceria brasileira é ótima por conta dos aminoácidos do feijão se unem aos do arroz e formam proteína. Por isso, juntos, ajudam a reparar os músculos.

Leia também: Melhores alongamentos para caminhada

TOFÚ

Nem todo mundo gosta do sabor do queijo de soja.

Mas, de todos os produtos à base do grão, ele é o que mais concentra proteína e cálcio, protegendo músculos e ossos, porém, o que mais se destaca no tofú são as isoflavonas.

Equilibre o nível dos hormônios

O Isoflavonas é uma substância que contribui para o equilíbrio dos hormônios femininos, assim, quando os hormônios estão em equilíbrio, o acúmulo de gordura diminui e os músculos trabalhados no exercício se destacam.

QUINOA

Poucos são os vegetais com a quantidade e qualidade de proteína da quinua.

Em cada grão, ela carrega aminoácidos essenciais, sendo três de cadeia ramificada (leucina, valina e isoleucina) – aminoácidos do BCAA e whey protein (suplementos proteicos usados pelos esportistas antes e depois do treino para preservar os músculos).

Leia também: Quinoa emagrece? É saudável? Benefícios e receitas

OVO

Antes inimigo, agora tanto a gema quanto a clara são boas para os músculos.

Nos ovos há bastante proteínas

A clara do ovo é rica em ovoalbumina, uma proteína formada por aminoácidos do tipo leucina, que, por ser de fácil absorção, é um dos componentes dos suplementos whey protein e BCAA, enquanto que a gema possui gorduras boas (monoinsaturada e ômega 3), facilitando a recuperação dos músculos depois dos exercícios.

BANANA

Antes de malhar, o que você precisa de verdade é da energia que o carboidrato proporciona e a banana é perfeita porque ainda tem potássio, mineral que participa da produção de glicogênio (reserva de energia do músculo).

IOGURTE NATURAL

Fonte de proteína, o iogurte é uma boa opção de lanche pós-treino.

Consuma Iogurte natural

O ideal é consumi-lo imediatamente após a aula ou até no máximo 30 minutos depois.

Nessa fase, a proteína é mais aproveitada para a recuperação e a construção do músculo.

MASSA INTEGRAL

A escolha dos lanches antes e depois dos treinos são fundamentais no ganho de massa muscular, mas isso não significa que você pode se descuidar das outras refeições.

A massa muscular se desenvolve muito melhor

Estudos mostram que, quatro horas depois, os exercícios ainda exercem efeitos benéficos nos músculos, então opte por alimentos com carboidrato, mas com baixo ou médio índice glicêmico, como pães e massas integrais.

Coma esses alimentos e veja sua massa muscular feminina se desenvolver como nunca antes.

Trackbacks/Pingbacks

  1.  COMO EMAGRECER RÁPIDO EM UMA SEMANA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *